sábado, 4 de agosto de 2012

1 ano de "Religioso Crítico" - Um "Top 10" especial!


Olá amigos leitores! É isso mesmo que vocês estão vendo! O blog "O Religioso Crítico" estará completando  1 ano no dia 14 de agosto de 2012. Eu sei que ainda faltam alguns dias e é um pouco cedo para comemorar, mas não me contive.

Neste um ano de doses cavalares de filosofia, apologética e bom conteúdo intelectual, tivemos quase 50 artigos sobre temas diversos, uns mais polêmicos, outros nem tanto assim. Graças aos nossos maiores parceiros, podemos levar bom conteúdo apologético à centenas de pessoas. Agradeço de antemão todos os nossos parceiros que ajudaram a divulgar nosso trabalho. Entre eles, é importante citar os blogs Respostas ao ateísmo e o Apologética Divina, que formaram conosco uma aliança que nos ajudou muito na divulgação de nossas ideias.

Agradeço também da mesma forma os nossos leitores, que também ajudaram tanto na divulgação dos textos, como na elaboração de bons artigos através de perguntas feitas em comentários. Agradeço cada leitor, cada comentário, cada elogio e cada crítica, que ajudaram nosso blog a crescer.

Apesar de tudo, "O Religioso Crítico" ainda é um bebê recém nascido em meio a blogosfera apologista. Ainda há muito o que crescer, muito o que estudar e muito o que escrever. Temas muito interessantes ainda virão por aí no durante nosso segundo ano de "Religioso Crítico", e conto com todos vocês para dar seguimento à esse projeto abençoado por Deus.

Para comemorar o aniversário de nosso blog, montei uma lista com os artigos mais acessados ao longo desse ano, para que vocês possam relembrar dos nossos melhores momentos. E para aqueles que ainda não leram, fica a oportunidade de conhecer os artigos mais lidos do blog. Segue abaixo o "Top 10" com os mais populares artigos do blog até o presente dia. Um abraço a todos, fiquem com Deus!!



Neste post retificamos alguns conceitos que foram deturpados ao longo do tempo e perderam seus verdadeiros significados. Muitos neo-ateus fazem distorções conceituais incrivelmente cabeludas somente para ganhar discussões. Aqui fica um bom conselho: quando alguém distorcer um conceito em alguma discussão, repreenda-o prontamente apresentando o conceito de maneira correta.


Apresentamos através deste post uma explicação detalhada, porém simples, de uma falácia usada aos montes pelos neo-ateus: a falácia do espantalho. Aqui podemos entender como essa técnica desonesta funciona e como nos defendermos dela de forma eficiente.


Este é um post essencial para qualquer pessoa que já sofreu com ataques de neo-ateus. Trata-se de uma lista com links para os post que escrevi onde refuto os argumentos mais usados pelos neo-ateus hoje. Estimo que cerca de 95% dos ateus hoje usam somente das técnicas descritas neste post. Os que utilizam outras diferentes dessas são casos raros. Basicamente é um compilado geral para manter acessíveis os posts mais indispensáveis.


Aqui tratamos um tema deveras polêmico. Ultimamente se tornou recorrente encontrar críticas à Igreja Católica nas redes sociais em geral, devido às supostas "riquezas" do Vaticano, como o trono de "ouro", que na verdade é feito de madeira coberta com bronze dourado. O post gira em torno da pergunta "Por que não vender o Vaticano e doar o dinheiro para acabar com a fome e a miséria?"


Quem disse que "religião não se discute"? Neste post tratamos sobre epistemologia, crença, verdade e conhecimento. Apresentamos também uma forte crítica aos ateus militantes que se dizem inteligentes porém desconhecem sua própria ideologia. Apontamos então uma contradição dos discursos neo-ateus da atualidade. Eles acusam os cristãos de serem pessoas retrógradas, atrasadas e mal informadas quando, na verdade, eles que o são, pois  em sua maioria desconhecem os conceitos básicos da própria ideia que defendem.


Neste artigo critico a triste realidade da juventude brasileira, que tem elegido como suas "inspirações intelectuais" pessoas como Felipe Neto e PC Siqueira. Fico muito entristecido quando vejo que as pessoas hoje não se interessam por conhecer e estudar o pensamento de pessoas que realmente deixaram uma marca na história da filosofia e se rendem a pseudo-intelectuais como estes citados. Você poder ver isso até mesmo entre os neo-ateus, poucos deles conhecem Hume ou Nietzsche por exemplo, mas todos eles assistem os vídeos de Dawkins, Hitchens, Harris, PC Siqueira, Cauê Moura e Felipe Neto.


Neste texto comento sobre a triste e confusa decisão do STF sobre a legalização do aborto de fetos anencéfalos no Brasil. Também comento a ligação disso com a eugenia do Nazismo. Há contradições sobre esta decisão ser realmente "uma decisão inteligente". Eu acredito que não foi, e provo isto através deste post. Entretanto, aqui eu falo somente sobre a questão do aborto de fetos anencéfalos. Brevemente quero escrever um artigo que trate sobre o aborto em geral. Deixo a expectativa, pois provavelmente será o nosso próximo artigo.


A medalha de bronze vai para o artigo que gerou o "boom" do blog "O Religioso Crítico". Este post gerou, pela primeira vez no blog, mais de uma centena de visualizações. A partir de então, o blog começou a tomar um trajeto de crescimento contínuo. No texto provamos que as influências do cristianismo não levam a sociedade a cometer atos "homofóbicos". Ainda neste post eu critico o próprio termo "homofobia", e demonstro o exagero midiático a respeito dos chamados "crimes de ódio aos homossexuais".


Neste post faço a distinção sobre o ateísmo clássico e o novo ateísmo, mais conhecido como neo-ateísmo ou ateísmo militante. A principal diferença entre eles é que o neo-ateísmo, além de suportar a não-crença em Deus, é também anti religioso. Os neo-ateus não se contentam em ser ateus, eles querem também acabar com as religiões, os religiosos e as práticas religiosas. Post fundamental para o leitor e merecida medalha de prata.


Este post realmente merece a medalha de ouro! Aqui eu explico aos ateus mal informados a diferença entre "Estado laico" e "Estado ateu" ou anti religioso. Será que é realmente democrático retirar crucifixos das repartições públicas? Não, visto que vivemos em um país de maioria cristã, edificado pelo cristianismo e onde o Estado laico está presente para garantir o direito a liberdade de religião. Extremamente importante para explicar para os ateus o que realmente significa o termo "Estado laico".


Espero que façam bom proveito das leituras sugeridas. Mais uma vez, agradeço a todos!!

Que Deus os abençoe!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você também pode gostar de