segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Dicas práticas para uma formação católica fundamental


A formação católica morreu. A catequese formal encontrada nas paróquias de hoje não é nem a sombra da formação católica tradicional, clássica. Jovens "matriculam-se" na catequese sem saber rezar nem mesmo uma Ave-Maria, passam a catequese inteira sem ler um capítulo inteiro dos evangelhos e nem ouvem falar do Catecismo da Igreja Católica. Os catequistas são obrigados pelos párocos a trabalhar com manuais de catequese escritos por leigos, cheios de erros e impropriedades, e muitas vezes se veem obrigados a improvisar dinâmicas de grupo para não deixar os jovens desinteressados.

Todo esse enfraquecimento da catequese católica resultou numa juventude fragilizada e confusa, que se contamina muito facilmente por teólogos liberais e modernistas. A linguagem politicamente correta e liberal lhes chama a atenção. Os grupos de jovens se tornaram meios de sociabilização, lugar para arrumar amiguinhos e namoradas, e é por isso que os grupos de jovens só conseguem público se apelarem para muita música, dança e brincadeiras. É um verdadeiro clubinho. Ninguém está interessado num estudo denso dos aspectos essenciais da doutrina sacra.


Prova disso é que dos grupos de catequese são poucos os que continuam depois de receberem o sacramento. Isso encerra uma porção de problemas, mas o principal deles é a deficiência de nossos catequistas e de nosso modelo atual de catequese, que não catequiza ninguém. A situação exige um retorno ao fundamental, ao indispensável, ao básico. É por isso que resolvi escrever essas dicas de formação fundamental. Elas incluem o que é essencial para a formação mais básica e elementar de um bom católico, não de acordo com o que eu acho, mas de acordo com o que a Santa Igreja sempre ensinou:

1 - Mantenha constante a leitura das Sagradas Escrituras. Isso evita uma porção problemas, e ainda ajuda na formação intelectual do indivíduo. Não só há catecúmenos que não leem a Bíblia como há catequistas que também não leem, e que não veem problema algum nisso.

2 - Estude o catecismo. Esse é o livro de cabeceira de um autêntico católico. E não fique arrumando desculpas, o catecismo tem uma linguagem simples, apesar de ser extenso. Ainda assim, há o compêndio para quem tem dificuldades ou acha a edição típica muito grande. Convém também estudar os catecismos mais antigos, como o Catecismo Romano de 1951 ou o catecismo de São Pio X. Todos eles podem ser encontrados gratuitamente pela internet.

3 - Estude o latim. Não adianta resmungar, é indispensável estudar o latim, nem que seja só um pouquinho, para entender os termos usados em documentos, em encíclicas, durante a liturgia, etc. A língua do catolicismo é o latim, e a riqueza e importância dessa língua não podem ser negligenciadas. Fora isso, o estudo da gramática latina tem suas vantagens para a vida intelectual também, pois ajuda muito na compreensão de outras línguas, filhas do latim.

4 - Reze muito. Não adianta ficar só na leitura e no estudo. Os monges beneditinos ficaram muito conhecidos pelo "ORA ET LABORA". Temos que fazer boas obras, instruir-nos na nossa fé e rezar muito.

5 - Estude os documentos da Igreja. Estão todos disponíveis gratuitamente no site oficial da Santa Sé. Quem deseja aprofundar-se na fé precisa conhecer os textos do Sagrado Magistério. Não são longos e nem complexos para quem lê com concentração e atenção.

6 - Leia os livros dos santos da Igreja. Santa Terezinha, Santa Faustina, Santo Tomás de Aquino, Santo Agostinho, São Luís Maria Grignion de Montfort, entre muitos outros. Os santos são os exemplos de vida cristã que a Igreja nos dá, e temos de conhecê-los e aprender com eles.

7 - Busque os sacramentos. Todos. Quer saber quem são os católicos autênticos? Então não olhe para a fila da Sagrada Comunhão, mas olhe para a fila da Confissão.

São passos simples e que deveriam ser seguidos por todo católico. Não formam uma síntese completa da formação católica, mas são boas dicas para melhorar a situação em que nos encontramos. Uma sólida formação católica, ainda que seja para poucas pessoas, pode mudar absolutamente tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você também pode gostar de